Mas…

de Germana Downing

Ler a Bíblia é uma das melhores coisas desta vida. Melhor ainda quando algo salta do texto e nos ensina coisas, nos relembra algo, ou simplesmente nos encoraja. Em Dezembro gosto de voltar a ler o início dos Evangelhos, especialmente de Mateus e Lucas, a fim de rememorar as narrativas sobre o nascimento de Jesus. Hoje, enquanto lia Lucas 1:5-25, uma pequena palavra me chamou atenção.

“Zacarias e Isabel, sua esposa, eram justos aos olhos de Deus, obedecendo de modo irrepreensível a todos os mandamentos do Senhor. MAS…” (Lucas 1:6-7)

Cada vez que vemos a palavra MAS depois de uma coisa boa podemos ter certeza de que algo não muito agradável vem em seguida. A justiça e obediência deste amado casal não os livrou de tristezas na vida. Embora lemos Isabel dizendo “O Senhor fez isto em meu favor… Nestes dias ele olhou para mim, para desfazer a minha humilhação perante o povo.” (v.25), podemos ter certeza de que a vida dela trouxe muitas dores. Muitas mulheres da atualidade que não podem ter filhos já sofrem de uma dor emocional que só elas conhecem. MAS, a mulher atual ainda pode ser uma PSICÓLOGA, uma MÉDICA, uma PROFESSORA, uma SECRETÁRIA, etc. Entretanto, naqueles dias, se a mulher não era mãe, praticamente não era mais nada! (segundo a cultura da época).

Pelo visto, Zacarias não estava mais orando por um filho, pois ele não acreditou no anjo, e ainda acrescentou que ele era velho e a esposa de idade avançada (v.18). MAS isto não significa que Deus não lembrava mais da oração dele.

Quando o anjo disse “Sua oração foi ouvida. Isabel, sua mulher, lhe dará um filho…” (v.13), Zacarias deve ter pensado “Que oração foi ouvida? Eu nem estou mais orando por isso!”

Nesta breve leitura da Bíblia, me ocorreu que:

– Não sabemos quanto tempo levou para a oração de Zacarias ser respondida. MAS ela foi!

– O casal tinha esta “vergonha” na vida deles, MAS era justo e muito obediente a Deus. (Eles não estavam sendo castigados por Deus.)

– Zacarias era justo e obediente a Deus, MAS a fé dele não era perfeita (não acreditou nas palavras do anjo, como muitas vezes a nossa fé não é perfeita, MAS, Deus não deixa de nos abençoar!

– Para Deus NADA é impossível.

Para mim, esta tarde na palavra de Deus foi valiosa, como se eu tivesse aberto um tesouro. Por que você não pára de vez em quando, entre seus afazeres, visitas e compromissos, ou seja, todo o corre-corre destes dias, para lembrar o que realmente é o Natal? A palavra de Deus ainda tem muito para lhe mostrar!

Texto de Germana Downing extraído do site:  http://www.iluminalma.com/vec/1112/13-mas.html  Copyright © . Todos os direitos reservados.
 
 

Um comentário sobre “Mas…

  1. Oi Erika, bom dia.
    Hoje, tal como a Germana, enquanto lia as mensagens de três devocionários observei que todos eles falavam em reforço de nossa fidelidade na “leitura, meditação e prática da Palavra de Deus” se quizermos alcançar vitória em nossa vida: No “Pão Diário, n° 13”, com o título “Sucesso” o autor relembra o registro de quando Deus falou a Josué, animando-o para a grande tarefa que estava assumnindo diante do povo de Israel (Js.1.8): Não cesses de falar deste Livro da Lei, antes, medita nele de dia e de noite para teres cuidade de fazer segundo tudo que nele está escrito, então farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido..; No “365 dias com Deus” vl.2 o autor fala sobre “A Bíblia Sagrada, fonte de vida”, citando o Salmo 119 vs 105 e Jo.5.39 e nos reafirma ser a Bíblia uma lâmpada que deve permenecer acesa dia e noite para iluminar nossos passos, e pergunta:Você deseja ouvir Deus falar com você e receber dele alimento para a alma?; D.M.LLoyde-Jones em – Mensagens para Hoje, fala do quanto é dificil a caminhada da vida cristã verdadeira, que passa por uma Porta estreita e segue por um Caminho apertado e cheio de armadilhas do malígno- mas nos mostra também o quanto vale a pena essa caminhada difícil mas gloriosa, pois o seu fim é seguir Jesus, nosso Guia e Pastor rumo à Vida Eterna. E sem fé não daremos sequer um passo nessa jornada. Deus nos abençõe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*