Canela-RS

Canela é simplemente adorável! Só lamentamos que o trânsito lá esteja tão complicado. As ruas não comportam mais a quantidade de carros que circula pela cidade, poluindo o clima e o visual de casa de boneca! Num local tão pequeno, os percursos poderiam ser feitos a pé ou de bicicleta. Com menos carros  o encanto seria ainda maior, como já foi em outro tempos.

Mãos do Mundo

É uma loja de artesanato que fica em Canela, na rua que passa ao lado da “Catedral de Pedra”. Ela não oferece um artesanato comum, porque seus produtos são procedentes do Brasil, da Índia, da Indonésia, da Tailândia e da China. Tem tanta coisa interessante e diferente! Fomos lá por indicação da Daisy e adoramos!

Castelinho Caracol

Outra dica da Daisy que consideramos imperdível foi o Castelinho Caracol.

Construído em madeira araucária sem uso de pregos, no inicio do Séc. XX, o Castelinho Caracol foi uma das primeiras residências de Canela. A família que o construiu é a mesma ao qual pertence atualmente. O local foi preservado e hoje é aberto à visitação. Muito interessante conhecer o estilo da época e ver o estado de conservação geral, tanto do prédio quanto dos móveis e utensílios que pertenceram aos seus moradores.

No entanto, o imperdível mesmo é o apfelstrudel servido na sala de chá, com nata e acompanhado do chá de maçã. Ao entrar no Castelinho, o aroma da torta de maçã já invade a sua mente e vai lá no seu estômago. Feita artesanalmente, é uma experiência à parte.

Comemos vários apfelstrudel excelentes por lá, pois é sobremesa comum na região Sul e eu amo! Mas esse é diferente! Pelejei para conseguir a receita, mas meu esforço foi em vão. Receita de família, elas dizem…

Aliás, o Sul tem essa coisa de não ensinar receita de família. Foi com muito custo que achei alguém que me ensinasse a fazer a sopa de capeletti. Ficou gostosa! Só falta achar um bom capeletti para ficar ótima.

Voltando à receita do apfelstrudel, fiquei tão tristinha por não ter conseguido que, como forma de consolo, elas me ensinaram a fazer o chá de maçã… uma delícia também!!!

Uma coisa importante ao visitar o Castelinho Caracol é levar dinheiro, pois a entrada, bem como o apfelstrudel, o chá e as coisinhas da loja de artesanato  são pagos, mas cartões de crédito não são aceitos.

A visitação não se resume ao Castelinho. Também foram preservados  a vegetação nativa, a primeira casa da família, alguns galpões para animais, uma serraria que aparentemente ainda funciona, algumas casas de imigrantes alemães.

Tudo muito bem cuidado. Um passeio cultural (e gastronômico…) muito agradável!

Enfim…

Canela tem muito mais, claro! Só que dessa vez foi só o que conseguimos ver.

4 comentários sobre “Canela-RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*